orçamento familiar

Orçamento Familiar

A taxa de desemprego assume, este ano, o valor de 6.7%, com tendência para aumentar, sendo necessário fazer uma boa gestão do orçamento familiar.

O objectivo deste orçamento é fazer um registo controlado de todas as despesas domésticas de forma a saber o total de dinheiro gasto por mês e onde e de que forma se pode cortar em algumas despesas.

Como gerir o seu orçamento?

Pegue num bloco de notas e numa caneta e comece. A organização é um ponto essencial.

  1. Aponte o valor do seu salário: Todo o dinheiro que entra em casa.
  2. Faça uma lista de todas as despesas: Desde as despesas fixas como luz, água e gás até aos créditos e despesas no supermercado. Tudo o que gastar deve constar desta lista.
  3. Calcule valor mensal para despesas: Despesas como o IMI ou o seguro do carro. Embora não sejam pagas mensalmente deve fazer as contas para ver a que valor correspondem essas despesas por mês.
  4. Some tudo: Some o valor total das despesas e veja se o seu salário é suficiente para cobrir todas as despesas. Se sim, aponte o valor que sobra.
  5. Controlo diário: Controle o dinheiro que gasta diariamente de forma a ter um maior controlo sobre o seu dinheiro e despesas.
  6. Poupança: Tente sempre deixar algum dinheiro de lado todos os meses para eventuais despesas.

Dicas para poupar?

  • Se não pode almoçar ou jantar em casa, leve comida de casa numa mochila. O mesmo se aplica ao lanche dos seus filhos (caso os tenha).
  • Não deixe os equipamentos em standby, desligue-os.
  • Aproveite as promoções dos super e hipermercados. Mas tenha em atenção que apenas deve comprar o que lhe faz falta e não porque está a um preço baixo.
  • Modere a compra de roupa e acessórios. Só compre se estiver realmente a precisar.
  • Evite cozinhar muitas vezes. Faça comida em maior quantidade e depois aqueça. Desta forma poupa no gás.
  • Partilhe boleias para o trabalho e para a escola sempre que lhe for possível. Caso contrário opte por transportes públicos.
  • Experimente ir pondo todos os dias ou todas as semanas uma moeda numa latinha (não interessa o valor). Vai ver que no final do mês já conseguiu arrecadar uma quantia simpática.
  • Analise o seu orçamento familiar e veja as despesas nas quais pode poupar. Por exemplo, no café depois do almoço. No final do mês representa um valor significativo.

Estas são apenas algumas sugestões para a ajudarem a contornar a crise e a fazer uma melhor gestão do seu orçamento familiar.

Hoje em dia poupar não é tarefa fácil mas está nas suas mãos trabalhar para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.